Chamada Pública Simplificada nº 1/2019 – Seleção de Bolsistas para Projeto de Pesquisa

O Instituto Modal de Ciência, Tecnologia e Inovação (Instituto Modal) convida os interessados a se inscrevem para seleção de bolsistas (pessoa física) para participação no projeto de pesquisa Inteligência Artificial para Automação Industrial.

EditalAnexo A - Cargos, Perfis e FunçõesFormulário de Interesse

Instituto Modal de Ciência, Tecnologia e Inovação

Chamada Pública Simplificada nº 1/2019

Seleção de Bolsistas para Projeto de Pesquisa

O Instituto Modal de Ciência, Tecnologia e Inovação (Instituto Modal) convida os interessados a se inscrevem para seleção de bolsistas (pessoa física) para participação no projeto de pesquisa Inteligência Artificial para Automação Industrial, conforme detalhado a seguir.

Objetivo

O objetivo deste Edital é a estruturação de equipe de pesquisa para atuar no âmbito do projeto de pesquisa Inteligência Artificial para Automação Industrial, que pretende desenvolver modelos de ontologias e soluções de inteligência artificial para automação industrial. O projeto é patrocinado pela X-Sensors GmbH e tem duração prevista de 12 meses, estando alinhado aos termos da Lei nº 13.243/2016 (Marco de Ciência, Tecnologia e Inovação) e do Decreto nº 9.283/2018.

O objeto desta Chamada Pública Simplificada é formação da equipe de pesquisa para atuação no projeto na modalidade de bolsista (sem vínculo empregatício), estando disponíveis vagas para pesquisadores e técnicos nas áreas de Ciência da Computação, Engenharia da Computação, Lógica Matemática, entre outras, conforme especificado no Anexo A – Cargos, Perfis e Funções.

Processo Seletivo

O processo seletivo desta Chamada Pública Simplificada dar-se-á por meio de análise das declarações de propósito dos candidatos, de análise de currículo e entrevista, sendo exigida dos pesquisadores e dos profissionais a comprovação da habilitação profissional e da capacidade técnica ou científica compatível com os trabalhos a serem executados e com o perfil definido para o cargo ou função.

Os candidatos selecionados receberão orientações e serão convocados para efetuar o processo de contratação imediata.

Inscrições

A inscrição deve ser apresentada pelo candidato mediante o preenchimento do formulário eletrônico disponível ao final deste edital.

O pesquisador, técnico ou estudante interessado deverá candidatar-se apenas a um dos tipos de bolsas disponíveis. Somente os candidatos selecionados serão informados do resultado desta Chamada Pública Simplificada.

As inscrições ficarão abertas por tempo indeterminado.

Valores dos Auxílios Financeiros

O Instituto Modal fornecerá, a título de doação, auxílio financeiro aos pesquisadores, técnicos e estudantes selecionados para participar nos projetos elencados. Os valores dos auxílios financeiros serão compostos a partir dos seguintes critérios:

  1. titulação máxima do pesquisador / estudante / técnico;
  2. experiência profissional comprovada do pesquisador / estudante / técnico;
  3. carga horária semanal efetivamente dedicada ao projeto.

O valor do auxílio financeiro poderá atingir, para o nível de Pesquisador Sênior (título de Pós-doutor com mais de 10 anos de experiência em projetos de pesquisa), o montante de R$ 12.000,00 (doze mil reais) para uma dedicação equivalente a 40 horas semanais, sendo este o valor de referência para os demais cargos e níveis, conforme a tabela a seguir:

Bolsas de Pesquisa

Titulação Nível % do Valor de Referência
Pós-doutor Sênior 100%
Pós-doutor Pleno 90%
Pós-doutor Júnor 80%
Doutor Sênior 80%
Doutor Pleno 70%
Doutor Júnior 60%
Mestre Sênior 60%
Mestre Pleno 50%
Mestre Júnior 40%
Notório Saber 50%

Bolsas de Estudos

Nível de Formação % do Valor de Referência
Cursante de doutorado (pós-graduação stricto sensu) 30%
Cursante de mestrado (pós-graduação stricto sensu) 20%
Cursante de especialização ou MBA (pós-graduação lato sensu) 10%
Cursante de graduação 5%

Bolsas de Apoio Técnico à Pesquisa

Titulação Nível % do Valor de Referência
Especialista Sênior 50%
Especialista Pleno 40%
Especialista Júnior 30%
Graduado Sênior 25%
Graduado Pleno 10%
Graduado Júnior 5%

Os valores de referência para pesquisadores e técnicos de apoio à pesquisa correspondem a dedicação mínima equivalente a 40 (quarenta) horas semanais ao projeto de pesquisa. Caso a dedicação seja inferior, o valor da bolsa poderá ser reduzido proporcionalmente.

No caso de bolsas de pesquisa, a determinação dos níveis dar-se-á pelo tempo de efetivo exercício da atividade de pesquisa:

  1. Sênior: acima de 10 anos de experiência em projetos de pesquisa;
  2. Pleno: de 5 a 10 anos de experiência em projetos de pesquisa;
  3. Júnior: menos de 5 anos de experiência em projetos de pesquisa.

Pesquisadores com notório saber são aqueles com relevante contribuição acadêmica e/ou profissional para o seu campo de pesquisa, para o mercado ou para a sociedade e que não disponham de titulação acadêmica mínima de Mestre, cabendo à Diretoria Técnica a decisão sobre o enquadramento do pesquisador nessa categoria de bolsa de pesquisa.

Os valores de referência para estudantes correspondem a dedicação equivalente a 20 horas semanais ao projeto de pesquisa. Caso a dedicação seja inferior, o valor da bolsa poderá ser reduzido proporcionalmente.

No caso de bolsas de apoio técnico à pesquisa, a determinação dos níveis dar-se-á pela formação e pelo tempo de experiência profissional na área:

  1. Sênior: acima de 10 anos de experiência profissional comprovada;
  2. Pleno: de 5 a 10 anos de experiência profissional comprovada;
  3. Júnior: menos de 5 anos de experiência profissional comprovada.

Os valores de referência poderão ser ajustados em casos específicos em até 20% (vinte por cento), para mais ou para menos, conforme o conjunto de competências científicas e profissionais do pesquisador, estudante ou técnico e da relevância das atividades desenvolvidas, mediante avaliação da Diretoria Técnica e disponibilidade de recursos financeiros.

Mais informações estão disponíveis no Regulamento para Concessão de Bolsas do Instituto Modal.

Local de Trabalho

Os candidatos selecionados desenvolverão suas atividades em Brasília/DF, podendo haver deslocamentos para realização de atividades na sede da empresa patrocinadora (Alemanha) ou em outros locais, bem como para a participação em eventos nacionais e/ou internacionais.

Conforme a natureza e a conveniência da pesquisa, a Diretoria Técnica poderá fazer uso de esquemas alternativos de dedicação que possibilitem o desenvolvimento das atividades, total ou parcial, de maneira não-presencial.

Esclarecimentos e Informações Adicionais

Os esclarecimentos e informações adicionais acerca do conteúdo desta Chamada Pública Simplificada poderão ser obtidos por intermédio do endereço eletrônico: pesquisa@modal.org.br.

Cláusula de Reserva

O Instituto Modal reserva-se o direito de resolver os casos omissos e as situações não previstas na presente Chamada Pública Simplificada.

Brasília, 6 de dezembro de 2019.

Mamede Lima-Marques
Diretor Presidente
Instituto Modal
Bruno Carvalho Castro Souza
Diretor Técnico
Instituto Modal

ANEXO A – Cargos, Perfis e Funções

As vagas oferecidas atenderão os cargos apresentados na tabela Descrição de Cargos e Perfis. A quantidade de vagas para cada cargo será definida após o término do processo seletivo, em função da disponibilidade efetiva de cada candidato selecionado.

Descrição de Cargos e Perfis

Posição: Pesquisador
Níveis: Sênior, Pleno
Titulações desejadas: Doutorado, Mestrado
Área de Formação: Ciência da Computação, Ciência da Informação, Filosofia ou Lógica.
Papel: ONTOLOGISTA CONSULTOR/ORIENTADOR SÊNIOR/PLENO
Perfil: Experiência com modelagem conceitual usando ontologias de fundamentação, desenvolvimento de sistemas e programação em Lógica.
Competências Necessárias: – facilidade para trabalhar em equipes não-presenciais
– responsabilidade e disciplina para cumprir tarefas
– auto-motivado e metódico
– ter domínio de conversação e redação em língua inglesa (desejável)
Atribuições: Definir objetivos, pesquisar modelos conceituais e soluções, orientar atividades, avaliar resultados.

Posição: Pesquisador
Níveis: Sênior, Pleno
Titulações desejadas: Doutorado, Mestrado ou Especialização
Área de Formação: Ciência da Computação, Ciência da Informação, Filosofia ou Lógica.
Papel: ANALISTA DE NEGÓCIO COM BASE EM MODELAGEM CONCEITUAL PLENO
Perfil: Experiência com modelagem conceitual, modelagem de banco de dados, análise de negócio e desenvolvimento de software.
Desejável: conhecimento de teoria de tipos, noções de desenvolvimento de linguagens de programação, noções de otimização de algoritmos, noções de linguagens funcionais e em programação em lógica.
Competências Necessárias: – facilidade para trabalhar em equipes não-presenciais
– responsabilidade e disciplina para cumprir tarefas
– auto-motivado e metódico
– ter domínio de conversação e redação em língua inglesa (desejável)
Atribuições: Definir objetivos, pesquisar modelos conceituais, executar atividades de modelagem e desenvolvimento, avaliar resultados, realizar reuniões com clientes, implementar modelos conceituais, integrar sistemas, implementar software em Prolog e outras linguagens.

Posição: Técnico de Apoio à Pesquisa
Titulações desejadas: Doutor, Mestre, Especialista ou Graduado
Área de Formação: Ciência da Computação, Ciência da Informação, Filosofia ou Lógica.
Papel: ANALISTA DE NEGÓCIO COM BASE EM MODELAGEM CONCEITUAL JUNIOR
Perfil: Experiência com modelagem de banco de dados, desenvolvimento de software ou análise de negócio.
Desejável: conhecimento de teoria de tipos, noções de desenvolvimento de linguagens de programação, noções de otimização de algoritmos, noções de linguagens funcionais e em programação em lógica.
Competências Necessárias: – facilidade para trabalhar em equipes não-presenciais
– responsabilidade e disciplina para cumprir tarefas
– auto-motivado e metódico
– ter domínio de conversação e redação em língua inglesa (desejável)
Atribuições: Pesquisar modelos conceituais, executar atividades de modelagem e desenvolvimento, avaliar resultados, realizar reuniões com clientes, implementar modelos conceituais, integrar sistemas, implementar software em Prolog e outras linguagens.

Posição: Técnico de Apoio à Pesquisa
Titulações desejadas: Doutor, Mestre, Especialista ou Graduado
Área de Formação: Ciência da Computação ou Lógica
Papel: DESENVOLVEDOR PROLOG
Perfil: Experiência com desenvolvimento de sistemas baseados em Prolog e modelagem de banco de dados.
Desejável: conhecimento de teoria de tipos, noções de desenvolvimento de linguagens de programação, noções de otimização de algoritmos, noções de linguagens funcionais e em programação em lógica.
Competências Necessárias: – facilidade para trabalhar em equipes não-presenciais
– responsabilidade e disciplina para cumprir tarefas
– auto-motivado e metódico
– ter domínio de conversação e redação em língua inglesa (desejável)
Atribuições: Pesquisar modelos conceituais, executar atividades de modelagem e desenvolvimento, avaliar resultados, realizar reuniões com clientes, implementar modelos conceituais, integrar sistemas, implementar software em Prolog e outras linguagens.

Preencha e envie o formulário a seguir para se candidatar como bolsista do projeto:

Informações Pessoais
Seu endereço residencial completo, incluindo CEP
Linha de Pesquisa
Para mais informações, consulte o Regulamento de Concessão de Bolsas.
Você deve vincular seu cadastro a um projeto ou linha de pesquisa específico.
Explique porque você acha que deve ser selecionado. Fale sobre sua experiencia, o que pretende fazer, suas motivações etc.
Declarações
1

Posted in Chamada Pública and tagged , , , , , , , , , , , , .

Deixe uma resposta