Parceria viabilizada pelo Instituto Modal leva qualidade de vida a moradores do semiárido

Banheiro seco projetado pelo Instituto Modal

O Instituto Modal, cumprindo seu papel de levar a inovação tecnológica a quem precisa, intermediou duas instituições parceiras para viabilizar o acesso à dignidade para o semi-árido.

Com o intermédio do Instituto Modal, a Tecnipar Ambiental realizou doações para o Centro Popular de Cultura e Desenvolvimento (CPCD) de banheiros secos, biodigestores e purificadores de água por ultrafiltração. As doações foram entregues no mês de abril de 2019 para projetos do CPCD nas localidades de Barra Longa, Malhada Preta, Santa Rita, Tesouras e no Sítio Maravilha, em Araçuaí, todas em Minas Gerais.

A Tecnipar, além de produzir as soluções a partir de projeto do Instituto Modal, foi responsável por orientar a instalação de todas os produtos. Um técnico da Tecnipar foi enviado até as comunidades de Barra Longa e Araçuaí (MG) para supervisionar a montagem e instruir os moradores quanto ao uso e manutenção dos equipamentos.

Instalação de biodigestor

Já o CPCD atua como mobilizador social, trabalhando com as comunidades locais para melhorar a qualidade de vida da população por meio de projetos de assistência, educação, qualificação e engajamento. A parceria com o Instituto Modal agrega, para o CPCD, acesso a novas tecnologias e soluções com potencial de ampliar a sua atuação e atender melhor as necessidades sociais das localidades onde desenvolve seus projetos.

A implantação desses equipamentos representou mais do que uma solução para um antigo problema, foi a realização de um sonho por conforto e dignidade daquelas pessoas.

“Quanto ao biodigestor confesso que achei estranho, mas agora estou achando bom e já estamos usando. Ele é muito importante, pois as fezes não caem direto na terra.” contou, esperançosa, Sidnália Alves, moradora da Comunidade Tesouras.

“A manutenção do biodigestor é fácil, o equipamento é muito simples. Na minha avaliação é uma tecnologia que vale muito ter dentro de uma propriedade para o saneamento rural. Outra experiência foi com os banheiros secos. O material é leve e de fácil manutenção, principalmente na limpeza. É também uma tecnologia bem-vinda. Não há contaminação do solo nem das águas.” relatou Celso Souza, permacultor e coordenador do Sítio Maravilha.

“Esta parceria é muito importante. Adoção de soluções tecnológicas com sofisticação industrial que se somam a alternativas simples de baixo custo. É um salto oportuno de relevância para o trabalho comunitário desenvolvido pelo CPCD.” ressaltou Carlos André, engenheiro agrônomo.

Veja fotos da instalação dos produtos doados!

Projeto desenvolvido pelo Instituto Modal

O projeto dos banheiros secos doados ao CPCD foi desenvolvido no Laboratório de Inovação Ribeira Brava, ambiente de inovação coordenado pelo Instituto Modal em parceria com a Tecnipar Ambiental. O principal objetivo do laboratório é justamente a criação de novas tecnologias e produtos, aliando a fundamentação científica e tecnológica do Instituto Modal com a capacidade industrial da Tecnipar.

Além do desenvolvimento do projeto, o Instituto Modal conduz, junto ao CPCD, a avaliação do uso dos produtos doados para que possam ser incorporadas melhorias no projeto em função da experiência das pessoas em aspectos como conforto, durabilidade, facilidade e aceitação social. A partir dessas observações coletadas pelo CPCD junto à população, torna-se possível corrigir falhas e agregar novas soluções que tornem os produtos ainda mais úteis para a comunidade.

Posted in Notícias and tagged , , , , , , , , , , , , , , , , , , .

Deixe uma resposta